Contato

Sobre

O site partiu de uma iniciativa particular de Fabio Roberto, Trollerio e fã da marca, nosso site tem objetivo de facilitar a manutenção do seu Troller, reunindo em um só lugar tudo sobre o Troller e seus componentes além de matérias com  dicas de manutenção.  

Algumas marcas que aparecem em nosso site são amigos que apoiaram a iniciativa e contribuem com conteúdo ou respondendo questionamentos e dúvidas diariamente.

Ajude a divulgar

Cole um adesivo, conte para um amigo, apoie essa iniciativa.

A instalação é simples e fácil de fazer para quem gosta do “faça você mesmo”. Quanto a parte elétrica da iluminação recomendo fazer em um auto-elétrico, por questão de segurança, para que o manômetro acenda junto com o painel de instrumentos ao ligar a lanterna/farol.

 

Os manômetros de pressão do turbo possuem muito mais uma função estética, na minha opinião, mas na prática servem para monitorar a pressão em Kgf/cm² que o compressor está enviando de ar atmosférico para o motor, ou seja, a pressão entre o compressor e o coletor de admissão (parte fria, representada pelo fluxo azul na ilustração).

 

De forma simples, quanto mais pressão aplicada, mais ar (oxigênio) entra no motor a cada ciclo no cilindro e portanto, maior a combustão. Agora essa regulagem é assunto pra outro “post” pois também envolve regulagem de quanto diesel deve ser injetado, aqui vamos nos ater apenas a montar o manômetro.

 

O manômetro precisa ser conectado em uma pequena mangueira que liga a parte fria onde está o compressor ao pressostato.

Mas que raios é um pressostato ? É um equipamento sensível à pressão. No caso dos motores com turbo compressor, é ele que, submetido à própria pressão do turbo, abre a válvula de respiro da exaustão (wastegate) através da haste de conexão, aliviando a turbina, regulando sua pressão e evitando danos ao motor por pressão excessiva.
 

Na foto 1 vemos estas partes num Troller 2005 com motor 2.8 e onde colocar a conexão T para a mangueira do pressostado. Nos outros motores de Troller diesel as peças são muito semelhantes.

Foto 1 – Vista Lateral

Na foto 2 é possível ver que a mangueira que conecta o turbo ao pressostato sai da um pouco antes da conexão com a mangueira que leva o ar para o motor

Foto 2 – Vista Superior

Portanto, foi utilizado neste caso o kit composto por:

- Manômetro de pressão do turbo de 52mm mecânico com indicação até 2 Kgf;

- Kit mangueira* de pressão do turbo com 1,8m para até 2 Kgf;

- Copo de sobrepor plástico de 52mm;

*esta mangueira possui em uma das luvas um conector rosqueável, no caso do turbo no motor 2.8 ela não tem utilidade e portanto foi cortada da luva. Não tenho informação se é útil nos demais motores diesel do Troller.
 

Para a mão-de-obra, os seguintes materiais: - Braçadeiras de PVC (Tire Up) para fixar as conexões e prender a magueira (nas fotos são braçadeiras de metal, porém seguram igual);

- 10 cm de mangueira de água de “reservatório-radiador”, com o diâmetro interno próximo da mangueira do manômetro (Qualquer oficina mecânica tem um pedaço usado que serve perfeitamente);
- 1 conexão T em latão – pode ser encontrada em lojas de auto-peças mais simples pois são conexões utilizadas em carros mais antigos. Uma conexão em “T” de plástico utilizadas nas mangueiras do esguicho de água (brucutus) do pára-brisas pode servir, mas tem que ser pequena o suficiente pra conectar as mangueiras;
- Furadeira - teremos que furar a fibra do painel corta-fogo pra passar a mangueira pra dentro do jipe;
- Silicone - para vedar o furo feito na fibra;

- Chaves de fenda e/ou phillips para fixação do copinho do painel;
- Fita adesiva dupla face (3M de preferência) caso não queira furar o painel pra colocar o suporte (copinho);
- Pano com álcool para limpar as superfícies onde irá colar a fita adesiva, caso contrário com o tempo acaba descolando por causa da trepidaç

 

Para realizar o procedimento é mais fácil preparar todo o caminho por onde a mangueira vermelha do kit irá passar para só então prender as conexões e fazer os arremates.
 

É necessário fazer um furo na fibra do painel corta-fogo para que a mangueira do manômetro atravesse do motor para o painel. Eventualmente pode ser que no seu jipe já exista algum furo feito anteriormente para passagem de fiação de alarme, flexíveis de trava bloqueadora de freios (Carneiro), etc, podendo ser utilizado o mesmo caminho se houver espaço.
 

A foto 3a mostra onde foi feito esse furo, por dentro do jipe, logo ao lado do painel de metal onde estão fixados os pedais.

Foto 3A – Furação Lado Interno

Importante antes de realizar o furo, verificar se do outro lado (do motor) não há nenhum flexível, mangueira, fiação ou qualquer peça que possa ser danificada pela broca quando esta atravessar a parede de fibra (foto 3A).

Foto 3B – Furação Lado Motor

Estando com esta parte pronta, podemos pegar a mangueira do manômetro e passar sentido cabine para o motor.

 

Retire a luva de borracha preta que está na extremidade da mangueira pra facilitar o trabalho e insira a mangueira pelo vão que fica no canto do painel/para-brisa/coluna do lado do motorista, onde a princípio o manômetro será fixado (foto 4), o copo será montado depois. Esta mangueira não é tão flexível, então é possível ir empurrando pelo vão sem que ela dobre.

Foto 4 – Passagem da Mangueira e Fiação da Iluminação

Desça a mangueira por dentro do painel até chegar no furo feito no painel corta-fogo e passe ela para dentro do motor. Continue assim até que a extremidade chegue próximo do pressostato. Faça um caminho contornando o motor para que não toque em partes quentes ou que pegue a vibração como na foto 5.

Foto 5

Nesta foto 5, a mangueira vermelha foi toda fixada com braçadeiras de PVC, no cabo do acelerador (só o 2.8 tem), por trás da mangueira do ar condicionado, no suporte do amortecedor do capô, por trás da válvula do ar quente, até chegar livre ao pressostato. A mangueira padrão do kit com 1,8m é exatamente a medida necessária para esta fixação, a ponta dentro do jipe, sobre o painel, fica na medida certa para ligar ao manômetro. Em outros motores pode ser necessário utilizar comprimento maior.

Estando a mangueira do kit devidamente posicionada, podemos fazer a conexão ao pressostato. Solte a extremidade da mangueira ligada no pressostato e coloque a conexão T. Pegue o pedaço de mangueira “reservatório-radiador” e corte uma medida para que a conaxão T possa ser ligada no pressostato.

Agora recoloque na mangueira do kit do manômetro aquela luva de borracha preta que foi retirada para a passagem pelo painel e conecte na perna do T. Prenda bem apertado todas as conexões com as braçadeiras de PVC (nas fotos são de metal). A montagem deverá ficar semelhante à foto 6.

Foto 6

Dentro do jipe, deverá ter uns 10 cm da mangueira mais a luva de borracha para fora do vão do painel, o que irá facilitar a montagem.

Passe a mangueira pela parte de trás do copo e conecte no manômetro. Coloque braçadeiras de PVC nestas conexões também.

Passe o fio da iluminação também pela parte de trás do copo (deixe livre para o eletricista fazer o trabalho dele) e encaixe o manômetro no copo.

Encontre o melhor lugar no painel para fixar a base do copo, limpe com álcool e cole a base com a fita dupla face (caso não queira furar o painel com parafuso).

Vá puxando gentilmente por baixo do painel a mangueira para ajustar o comprimento que ficou em excesso para fora do painel fazendo o manômetro se aproximar da posição onde está a base do copo.

Para finalizar é só parafusar o copo na base previamente colada no painel.

O copo do manômetro também pode ser colocado na coluna do para-brisa ou qualquer outro local porém pode ser necessária uma mangueira com comprimento maior.

Observações:

- A pressão máxima original da turbina do motor 2.8 é de 1,2 kgf.

- Prefira equipamentos de marca de reconhecida qualidade, o que poderá influenciar na indicação da pressão;
 

Fernando Rosin

logo T4 CLUBE BRASIL.png