Contato

Sobre

O site partiu de uma iniciativa particular de Fabio Roberto, Trollerio e fã da marca, nosso site tem objetivo de facilitar a manutenção do seu Troller, reunindo em um só lugar tudo sobre o Troller e seus componentes além de matérias com  dicas de manutenção.  

Algumas marcas que aparecem em nosso site são amigos que apoiaram a iniciativa e contribuem com conteúdo ou respondendo questionamentos e dúvidas diariamente.

Ajude a divulgar

Cole um adesivo, conte para um amigo, apoie essa iniciativa.

 

PRINCIPAIS TÓPICOS DO GUIA OFF ROAD TROLLER

 

O que é Tração 4x2 e 4x4  | A Roda Livre  |  Performance Troller | Marchas Reduzidas | Diferencial Auto-Blocante | Caixa e Câmbio | Suspensão | Pneus | Condução 4x4 | Segurando o volante | Embreagem | Cinto de Segurança | Bebidas Alcoólicas | 

O que é Tração 4x2 e 4x4


Esta informação mostra quantas rodas o veículo tem e quantas oferecem tração. Em um modelo 4x2, tem-se 4 rodas e tração apenas em duas. No Troller, com a tração 4x2, o veículo traciona apenas com o eixo traseiro. Situação adequada para o dia a dia na cidade, rodovia e estradas de terra em excelentes condições de
tráfego. A tração 4x4 significa que o veículo tem 4 rodas e traciona com todas as 4 rodas. No Troller, com a tração 4x4, o eixo dianteiro entra em ação em conjunto com o eixo traseiro e possibilita o bom uso do veículo em qualquer terreno. Conduzir um veículo com tração 4x4 é certeza de mais segurança, já que com todas as rodas tracionando o condutor tem mais controle da direção, da frenagem e transpõe com mais facilidade os obstáculos encontrados no trajeto. 

DICA: Quando concluir o percurso off-road retorne para a 4x2 antes de voltar ao asfalto.

A Roda Livre
As rodas-livres são as responsáveis pelo acoplamento das rodas dianteiras com a transmissão. No modo “4x2” as rodas-livres e a tração dianteira estão desligadas. Ao se mover a chave seletora de cada roda-livre para a posição “4x4”, o Troller fica preparado para ter a tração 4x4 acionada. A tarefa então é complementada pela chave seletora de tração, situada no painel do Troller.
Para se engatar então a tração 4x4 você precisa seguir três passos:
1- Estacionar;
2- Engatar as duas rodas-livres;
3- Pisar na embreagem e acionar a chave seletora, ou alavanca de tração, colocando na posição “4x4H”.
Acionar a chave seletora, ou a alavanca de tração, sem engatar as rodas-livres não trará nenhum resultado prático e vice-versa.

Para desengatar estacione e retorne a chave seletora ou a alavanca para a posição 4x2.
O Troller pode se deslocar com as rodas-livres ligadas se houver a necessidade para isto, mas ao retornar para a rodovia, ruas e estradas em condições normais de tráfego, o condutor deve desligar a tração 4x4 e desengatar as rodas-livres.

DICAS: Sempre que julgar necessário o uso do 4X4, engate a roda-livre na posição 4X4 antes de embarcar no Troller, mesmo que vá percorrer um trecho em 4X2. Embora raramente aconteça, a roda-livre pode desligar durante passagem por atoleiros ou trechos com rochas.
Confira se estão engatadas caso a tração dianteira pare de funcionar

Confira aqui como fazer a manutenção correta de sua roda livre.

Performance Troller
O Troller é um veículo projetado para transpor as dificuldades de um deslocamento em qualquer tipo de terreno, mas conhecer cada detalhe irá lhe proporcionar segurança e sucesso em suas incursões off-road.

Ângulo de Ataque: permite abordagem de degraus e rochas sem que pára-choque dianteiro,
componentes do chassi e carroceria se choquem com o obstáculo.

Ângulo de Saída: confere a aptidão para conclusão de travessia de erosões e atoleiros. Ao extrapolar o limite do ângulo de saída o pára-choque traseiro ou componentes do chassi poderão se chocar com o obstáculo, a troca dos para-choques dianteiros e traiseiros pode melhorar consideravelmente os algulos de entrada e saida do jipe original.
Altura do Solo: sempre medido nos diferenciais, a altura do solo garante a travessia de facões e rochas sem risco de impactos. Ao extrapolar este limite os diferenciais e chassis poderão se chocar com o obstáculo, o lift de suspensão aumenta a alltura do jipe porém não altera a altura do diferencial em relação ao solo.
Inclinação Lateral: com baixo centro de gravidade o Troller pode abordar rampas muito inclinadas, mas a colocação de bagageiro e/ou carga excessiva no teto pode alterar drasticamente o comportamento do veículo em situações extremas. A alteração da suspesão original (lift), altera a centro de gravidade que por sua vez diminui a inclinação lateral.
Rampa: em condições ideais de tração o Troller pode vencer rampas íngremes muito acentuadas. Mas a falta de atrito adequado aos pneus em lama, grama molhada e pedras soltas pode alterar esta medida
para valores inferiores. 

Altura de Travessia de Água: O Troller conta com excelente isolamento da entrada do filtro de ar do motor, respiros de diferenciais, caixas de marchas, caixa de transferência, tanque de combustível e bomba injetora de combustível. De todos estes itens o mais importante é a entrada do filtro de ar, se a água atingi-la ocorrerá danos graves ao motor. Para saber mais sobre preparação do troller para travessias veja essa matéria em nosso site. - Cuidados na Travessia de rios e Trechos Alagados.

Ângulo de Passagem: É a capacidade do veículo transpor obstáculos sem receber impactos no chassi ou caixa de câmbio e transferência. O Troller T4 tem pequena distância entre eixos, o que influencia na ótima performance
em off-road para transpor lombadas acentuadas, degraus de barranco ou rochas. Ultrapassar o Ângulo de Passagem fará com que o chassi ou a caixa de câmbio e transferência se choquem com o obstáculo podendo deixar o Troller pendurado em uma gangorra. 

Curso de Suspensão: a flexibilidade no curso de suspensão garante o contato dos pneus com o terreno pelo maior tempo possível. Quando um veículo tem seu curso de suspensão superado pelo obstáculo os pneus começam a patinar e ocorre a imobilização.
OBS: Consulte o manual do proprietário para conhecer os valores exatos do desempenho do seu veículo.

Marchas Reduzidas
Para se extrair o máximo de performance que seu Troller pode oferecer, o veículo conta com uma segunda relação de marchas, denominadas Marchas Reduzidas, ou Low Range. São acionadas pela chave seletora ou alavanca de tração na posição “4x4L”. Como o nome mesmo diz, não são marchas para desenvolver velocidade mas sim para proporcionar torque excepcional para as mais árduas incursões off-road. Para entender de maneira simples, considere que para cada marcha reduzida (Low), a velocidade final será de aproximadamente metade da velocidade da mesma marcha em alta (High). Resumindo, você pode andar em qualquer marcha reduzida, mas a velocidade final do Troller em quinta marcha será de aproximadamente 50Km/h. É inútil pisar fundo no acelerador, e se insistir poderá sobre-aquecer o motor pelo excesso de rotação. 
A reduzida também atua na marcha à ré. Também é importante saber que o torque adicional que se ganha ao acionar as marchas reduzidas (4x4L), deve ser distribuído entre os dois eixos de tração, razão pela qual as rodas-livres devem ser conectadas antes de acionar as marchas reduzidas. Deixar as rodas-livres desligadas pode danificar o eixo e diferencial traseiro. Veja em nosso site a pagina sobre caixa de câmbio.

DICA: O uso correto das Marchas Reduzidas aumenta a vida útil da embreagem e freios. Em trilhas e em baixas velocidades use sempre a opção 4x4L.

Diferencial Auto-Blocante
A função do diferencial é possibilitar a distribuição de torque entre duas rodas de um mesmo eixo, quando o veículo faz uma curva.
Mas em off-road, quando uma das rodas de um eixo fica suspensa perde a aderência com o solo, o diferencial transferirá todo o torque para ela, deixando a outra roda, que ainda tem condições de tração, praticamente sem nenhum torque, dificultando o avanço do veículo.
Os veículos Troller vêm equipados com diferencial traseiro autoblocante Track-Lok® , que bloqueia o diferencial em uma porcentagem de até 75%. Com este recurso o veículo tem mais condições de transpor um obstáculo pesado, pois o eixo traseiro poderá enviar mais torque para a roda mais capacitada a tracionar e permitir o avanço do veículo.

Mais dados sobre funcionamento e alternativas ao Track-Lok® original em nossa pagina sobre diferenciais.

Caixa e Câmbio
O sistema de tração do Troller é Part-Time, ou seja, desenvolvido para ser utilizado apenas em situações off-road de qualquer
natureza. O uso da tração 4x4 em piso seco e alto atrito, como rodovias, ruas e pátios de estacionamento, provoca desgaste acentuado da caixa de transferência com riscos de danos à transmissão.
Use a tração 4x4 para qualquer terreno off-road, mas após a travessia lembre-se de desligar a tração, colocando a chave seletora ou a alavanca de tração na posição “4x2”, e em seguida desligando as rodas-livres.

DICA: Não acione a chave de tração ou a alavanca de tração para “4x4” com as rodas-livres desligadas, poderá provocar danos no eixo traseiro.

Suspensão
A função da suspensão, além de proporcionar a segurança e o conforto, é manter os pneus em contato com o piso, pois na travessia de uma valeta, erosão ou atoleiro mais profundo, é o bom desempenho da suspensão que vai manter o contato dos pneus com o solo pelo maior tempo possível.
O Troller T4, com sua suspensão de molas helicoidais, proporciona um curso eficiente para abordagem de obstáculos off-road com a confiabilidade desejada. Entretanto ao alcançar o limite do curso de suspensão, os pneus deixam de ter contato com o solo e começam a patinar. Para prosseguir, deve-se colocar calços como pedras, troncos (jamais derrube árvores para isto), ou pranchas de desatolagem, embaixo dos pneus para que voltem a ter contato firme com o solo.

DICA: verifique regularmente os amortecedores e substitua-os dentro das recomendações da Troller. Andar com amortecedores com vida útil vencida desgasta irregularmente os pneus e compromete sua segurança.

Pneus
Os pneus de seu Troller merecem a atenção permanente para se conseguir a máxima eficiência e vida útil, siga as seguintes recomendações para se alcançar estas metas:
• Mantenha a calibragem normal se não houver dificuldades no trecho, caso contrário avalie a possibilidade de reduzir a pressão dos pneus. Mas faça isto somente se houver condições de reenchê-los antes ou imediatamente após entrar em pisos pavimentados. Tenha sempre no veículo um compressor portátil, manual ou elétrico (12V) para esta finalidade; 
• Lama: mantenha a calibragem normal. Em caso de problemas reduza para o limite de 20 libras, mas sujeira como galhos, pedras e lama podem se infiltrar entre a roda e o pneu, podendo causar vazamento de ar. Considere os riscos antes;
• Rochas: mantenha a pressão de trabalho, existe o risco de expor o costado dos pneus a cortes entre as pedras pontiagudas;
• Areia fofa: a pressão pode ser reduzida até o limite de 18 libras. Dirija atento a choques violentos contra tocos de madeira e rochas, que podem destalonar ou cortar os pneus. O risco de danos também aumenta se o Troller estiver excessivamente carregado. 

Não rode em asfalto com os pneus murchos, o aquecimento gerado pode causar fadiga prematura da estrutura lateral, quebras na carcaça e desgaste irregular nas bordas estas falhas podem provocar acidentes fatais.
• Quando não estiver em off-road, mantenha a pressão dos pneus Wrangler dentro das recomendações da Goodyear e da Troller. A pressão correta pode ser verificada no manual do proprietário. Calibre semanalmente a pressão dos 5 pneus;
• Para veículos com intensa atividade off-road recomenda-se o rodízio e balanceamento a cada 5.000Km;
• Em borracharias não deixe que desmontem os pneus das rodas usando marretas, exija ferramental adequado para o serviço.

Páginas

1 - 2 - 3 - 4 - 5

logo T4 CLUBE BRASIL.png