PARTIDA COM BATERIA AUXILIAR (CHUPETA)

Procedimento correto para utilizar uma bateria auxiliar na partida.

T4 Clube Brasil te ajuda a saber a forma correta de fazer uma "chupeta na bateria" ou partida com bateria auxiliar pode evitar problemas para ambos veículos, inclusive risco de explosão.

Ao contrário do que a maioria imagina não é apenas ligar todos polos positivos e negativos e dar partida, existe uma sequencia para os contatos além do polo negativo da bateria descarregada deve ser ligado ao um ponto terra do próprio veiculo. 

 

Utilize sempre as ferramentas adequadas para serviço, evite substituições ou adequações (Gambiarra).

O cabo específico para a chupeta de bateria deve possuir comprimento aproximado de 3,0 metros, duas cores para segurança e  identificação dos polos, alças emborrachadas ou isoladas, cabo de 16 a 25 mm.

Procedimento correto para partida no veículo usando bateria auxiliar.

Certifique-se de que os cabos auxiliares de partida sejam adequados para a tarefa. Devem ser utilizados cabos resistentes.

Certifique-se de que a bateria auxiliar é da mesma tensão que a bateria do veículo. As baterias devem ser conectadas em paralelo.

Certifique-se de que os interruptores dos circuitos elétricos estejam desligados antes de conectar cabos auxiliares de partida. Isto reduz o risco de ocorrer formação de arcos voltáicos quando for feita a conexão dos cabos auxiliares.

 

1. Conecte sempre os cabos auxiliares de partida na seguinte seqüência:

• Conecte primeiro uma extremidade do cabo auxiliar no terminal positivo da bateria auxiliar e depois a outra extremidade do mesmo cabo ao terminal positivo da bateria descarregada do veículo;

• A seguir, conecte uma extremidade do segundo cabo auxiliar no polo negativo da bateria auxiliar e então conecte a outra extremidade do cabo auxiliar a um ponto de aterramento do veículo, a uma distância de, pelo menos, 300 milímetros do terminal da bateria, como por exemplo o olhal de elevação do motor (vide figura).

 

2. Ligue a chave de ignição do veículo que está com a bateria descarregada e acione o motor de partida até que o motor do veículo comece a funcionar.

 

3. Mantenha a rotação do motor em marcha-lenta por dois minutos, aproximadamente, antes de ligar consumidores de energia como ventilação forçada, faróis e etc.

 

4. Desconecte os cabos da bateria auxiliar na ordem inversa da seqüência de conexão e tome cuidado para que as extremidades dos cabos não se toquem.

 

5. O alternador não recarregará, necessariamente, uma bateria descarregada. Para o alternador recarregar uma bateria, são necessárias mais de oito horas de funcionamento contínuo, sem consumos adicionais ligados à bateria.

Certifique-se de que as extremidades dos cabos auxiliares não encostem uma na outra ou estejam aterrados à carroceria do veículo com a bateria descarregada enquanto os cabos estiverem conectados à bateria auxiliar.

Uma bateria totalmente carregada, ao fechar um curto circuito através dos cabos auxiliares, pode descarregar-se em uma taxa superior a 1000 ampères, causando a formação de um violento arco voltáico e o aquecimento muito rápido dos cabos auxiliares e terminais, e causando até mesmo a explosão da bateria. A não observação destas instruções pode resultar em ferimentos.

Contato

Sobre

O site partiu de uma iniciativa particular de Fabio Roberto, Trollerio e fã da marca, nosso site tem objetivo de facilitar a manutenção do seu Troller, reunindo em um só lugar tudo sobre o Troller e seus componentes além de matérias com  dicas de manutenção.  

Algumas marcas que aparecem em nosso site são amigos que apoiaram a iniciativa e contribuem com conteúdo ou respondendo questionamentos e dúvidas diariamente.

Ajude a divulgar

Cole um adesivo, conte para um amigo, apoie essa iniciativa.

logo T4 CLUBE BRASIL.png